Domingo, 25 de Outubro de 2020 | você está em »principal»Blogs»Coisas de Cinema
Publicado em 14/09/2018 às 15h32
Os rótulos e as insatisfações


RODRIGO ROMERO

Só de o elenco de 'Como Nossos Pais' (2017) ter Maria Ribeiro, Clarisse Abujamra e Jorge Mautner já é algo a se comemorar. Reforça a personalidade da obra ter a direção de Laís Bodanzky, do premiado 'O Bicho de Sete Cabeças' (2001).

Luiz Bolognesi, o roteirista, também dá o carimbo de qualidade. Ele foi o responsável pelo blocked de, por exemplo, 'Elis' (2017) e 'As Melhoras Coisas do Mundo' (2010). Tudo isso junto e misturado resulta numa boa canja. 'Como Nossos Pais' é nosso cotidiano cheio de notícias ruins, outras boas, frustrações, decepções, pequenas felicidades e discussões à toa com as pessoas que nem querem debater nada.

E na típica família 'de esquerda'. Rosa (Maria) é casada com Dado (Paulo Vilhena), antropólogo. Leva a vida no automático, desiludida, perturbada pela comunicação zero com o marido. Sucessivas desavenças e segredos vêm à tona.

A mãe, Clarice (C. Abujamra), e o pai Homero (Jorge) estão longe de ser pilares de estrutura baseada em paz e sofisticação, principalmente no lado da matriarca. Laís comanda as ações com naturalidade e passa essa característica ao filme.

De repente, nós mesmos nos vemos na tela, com problemas e dilemas expostos de forma crua, incessante. É Rosa a mantenedora da casa, já que o emprego de Dado raramente dá certo fruto.

Conflitos e descrença, num ritmo de falta de comprometimento absurdo, dá o tom do longa brasileiro. Ressalto a atuação coesa de Maria Ribeiro e Mautner, o trabalho razoável elaborado por Vilhena e Clarisse.

Não desafiam a lógica e fazem o simples. Assim como em 'Festa' (1989), o cantor e compositor rouba as cenas em que surge, com a sua ingenuidade de um intelectual assustado em meio às rápidas transformações do século 21, e ele interpreta de maneira simultaneamente caricata e informal. 'Como Nossos Pais' merecia mais do que teve. Duração: 102 minutos. Cotação: bom.

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

25 OUT
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Coisas de Cinema

Rodrigo Romero é jornalista desde 2001. Passou por Diário de Jacareí, Diário de Mogi e assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Jacareí. Em 2008 foi para a TV Câmara Jacareí, onde até hoje atua como apresentador e repórter. Escreve há quase dez anos, semanalmente, a coluna 'Coisas de Cinema' no Diário de Jacareí.


E-mail do autor: rodrigoromeropl@ig.com.br
Arquivo
Publicidade
Publicidade
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Logos e Certificações: