Quinta-feira, 01 de Outubro de 2020 | você está em »principal»Blogs»Coisas de Cinema
Publicado em 29/09/2017 às 16h49
O medo do palhaço


RODRIGO ROMERO

Em 1990, o telefilme 'It: Uma Obra-Prima do Medo' aterrorizou os telespectadores dos EUA. A trama sobre o palhaço assassino Pennywise consagrou mais ainda a obra literária do escritor Stephen King e deu à sétima arte o mote para levar a história às telonas. Mas demorou. Há 15 dias, então, estreou o filme 'It: A Coisa' (2017), a nova adaptação das tais páginas.

Passa-se entre 1988 e 1989, quando sete pré-adolescentes da cidade de Derry são marcados por visões dos seus mais pavorosos medos. E por trás deles todos está Pennywise. Bill, Stanley, Benjamin, Beverly, Richard, Edward e Michael formam o 'Clube dos Otários'. Eles tentam investigar o que ocorre em Derry.

'It: A Coisa' é dirigido por Andy Muschietti, o mesmo de 'Mama' (2013), outro terror de grande impacto. A mão de Andy ao horror da fita é boa, apesar de usar os mesmos clichês de sempre. Pesa ali a trilha sonora irregular e os sustos e pavores exatamente cronometrados para que o espectador sofra um pouco por antecedência.

Sobre o cast mirim não há muito o que escrever. São meninos e meninas que se esforçam a dar a impressão e o entendimento de que resulta-se num bom acabamento. E nada mais. Especialmente Jeremy Taylor e Finn Wolfhard. A dupla se destaca entre os demais. O primeiro como o 'investigador' dos macabros acontecimentos em Derry.

O segundo, pelas infames piadas e a desenvoltura natural com que fica em frente às câmeras. No mais, há o ponto positivo da bem feita maquiagem e adereços do palhaço, feito pelo ator Bill Skarsgard. A sua já clássica primeira aparição, no bueiro, chamando o pequeno George a lhe entregar seu barquinho de papel, é uma das marcas do longa.

Uma curiosidade acerca da obra de 27 anos atrás - exibida em 2 capítulos de 1h40min cada - é que o intérprete de Pennywise foi Tim Curry, o mesmo que 2 anos depois contracenou com Macaulay Culkin em 'Esquecerem de Mim 2'. O papel dele na comédia foi o de gerente do hotel em que Kevin (Culkin) se hospeda, sozinho.

Há até a lembrança um tanto torta do antigo trabalho de Curry, na edição em que seu sorriso é colocado sobre a de um desenho animado assustador. No 'It: A Coisa' de 2017, cuja continuação é avisada já no fim do filme, os instantes de pavor ficam mais por conta do sugestionável. E para por aí.

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

01 OUT
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Coisas de Cinema

Rodrigo Romero é jornalista desde 2001. Passou por Diário de Jacareí, Diário de Mogi e assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Jacareí. Em 2008 foi para a TV Câmara Jacareí, onde até hoje atua como apresentador e repórter. Escreve há quase dez anos, semanalmente, a coluna 'Coisas de Cinema' no Diário de Jacareí.


E-mail do autor: rodrigoromeropl@ig.com.br
Arquivo
Publicidade
Publicidade
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Logos e Certificações: