Publicidade
Domingo, 13 de Junho de 2021 | você está em »principal»Blogs»O Quinto Poder
Publicado em 10/08/2018 às 15h40
Inverno em Jacareí


JOSÉ LUIZ BEDNARSKI

A natureza humana invariavelmente insatisfeita revela-se sobremaneira nas breves conversas de elevador sobre estações do ano - no verão, as pessoas dizem preferir o inverno; no frio, revelam saudade do calor.

A verdadeira felicidade dos meteorologistas de plantão está em Jacareí, torrão privilegiado por Deus: localização geográfica estratégica, recursos naturais abundantes e quatro estações perfeitamente distribuídas ao longo do ano.

O clima afonsino é temperado de poesia. O sol de outono é aconchegante e a revoada de pássaros no verão é alegre. As rosas que desabrocham em nossa primavera causam inveja às congêneres colombianas e o rigoroso inverno afonsino justifica os sensíveis arpejos de Vivaldi n'As Quatro Estações. 

Com os anos, o jacareiense aprende a ler o curso básico do tempo. O frio importado da Argentina normalmente segue a direção da corrente do Rio Paraíba. O vale funciona como um corredor de portas abertas. Ventania e chuva vêm à frente do cortejo. Os clubes da cidade cerram suas piscinas durante o inverno. O anúncio da reabertura das águas cloradas em outubro é o termo final prático da estação. A exceção é o SESI, cuja piscina a céu aberto permanece franqueada aos nadadores o ano inteiro porque é aquecida.O inverno presente em boa parte da vida dos citadinos gera reflexos endêmicos na oferta gastronômica local. Espalha-se por Jacareí um grande número de restaurantes especializados em sopas e caldos. São estabelecimentos conhecidos como caldinhos, um tanto incomuns noutras localidades brasileiras e paulistas.

Faz tempo que não aparece por aqui um bom parque de diversões para aquecer nosso inverno. Deveriam aproveitar a menor incidência de chuvas no período e colorir as noites gélidas. As queimadas covardemente planejadas para feriados, finais de semana e período noturno (ou seja, durante o afrouxamento da fiscalização) também são de se lamentar, nesta estação do ano.

Como tudo na vida, o inverno tem aspectos negativos e positivos. Lastimavelmente, a taxa de mortalidade por causas naturais parece maior nesta época do ano, sobretudo entre idosos e pessoas doentes. Já a violência doméstica e a criminalidade em geral, ainda bem, diminuem bastante quando o clima esfria. 

Comentários (1)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

Sonia Lima   3 anos atrás
Concordo com a taxa de mortalidade, vale ressaltar que não apenas por causas naturais. O índice de suicídio também se torna muito mais expressivo no inverno. Um dos fatores que podem comprovar a alegação é o fato, por exemplo, que na região sul do país só podemos comprar cordas com receita médica.
13 JUN
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Notícias
facebook
Artigos
Perfil do Blog
O Quinto Poder

Coluna assinada pelo Promotor de Justiça da Cidadania, José Luiz Bednarski. Uma abordagem apartidária, com discussão aberta dos assuntos de interesse geral; o amadurecimento paulatino da cidadania, a força da população em diálogo com órgãos independentes representativos, como MP, Defensoria Pública e outras instituições criadas ou fortalecidas a partir daConstituição de 1988.


E-mail do autor: joseluizbednarski@gmail.com
Arquivo
Publicidade
14/01/2021
Santos e Palmeiras disputam a final da Taça Libertadores no dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã. Na sua opinião, qual dos dois será o campeão?

Nenhuma enquete encontrada!

Logos e Certificações: