Quinta-feira, 29 de Outubro de 2020 | você está em »principal»Blogs»Coisas de Cinema
Publicado em 09/09/2016 às 11h33
Histórias ricas de Tancredo Neves


RODRIGO ROMERO

A eleição de 2 de outubro se aproxima e hoje dou a dica a vocês de um documentário extraordinário que aborda a política realizada com alma e ardor. 'Tancredo Neves: A Travessia' (2011), dirigido pelo craque Silvio Tender (responsável por documentar em vídeo a vida de Glauber Rocha, João Goulart e Juscelino Kubitschek) e produzido pelo não menos talentoso jornalista Roberto D'Ávila, é um rico e muito primoroso trabalho de pesquisa, onde arquivos foram remexidos e imagens raras são exibidas.

O objeto de estudo do longa-metragem é a estrada percorrida por Tancredo. Pode ser que a história seja conhecida pela maioria dos brasileiros, mas o mel está na narração dos bastidores à sua eleição indireta à presidência em janeiro de 1985. As conversas, acordos, as armações e as articulações são o prato cheio.

Com depoimentos dos principais envolvidos, como por exemplo Fernando Lyra, Jarbas Vasconcelos, Pedro Simon, Fernando Henrique Cardoso, Leônidas Pires, Aécio Neves e José Sarney, além dos artistas que participaram do movimento das Diretas Já, em 1984, como a Fafá de Belém, o blocked segue o caminho clássico dos grandes documentários. As histórias são as mais saborosas.

Uma delas é o trato entre Aureliano Chaves e Tancredo para unir a Frente Liberal ao projeto, por meio das cartas enviadas. Noutra, o famoso drama de Tancredo em relação à sua doença e, fatalmente, quem assumiria o cargo em 15 de março de 85. "O que as pessoas têm de entender é que não estávamos ali para escolher o novo presidente, mas sim quem ficaria uns dias enquanto Tancredo se recuperasse. Ninguém imaginava que ele morreria. Não havia aquilo de conspiração, planos etc.", disse FHC.

"'Eu não merecia isso'. Foi a última frase que ouvi de meu avô. Sabíamos que havia perdido um líder do Brasil. E meu avô", lembrou Aécio. Eduardo Suplicy e Airton Soares, dois dos oito deputados federais do PT na época, se recordam do posicionamento da sigla em relação à eleição indireta. 'O que a parte que era contra não entendia era a ajuda ao país naquele instante', disse Soares. Três petistas votaram em Tancredo e os outros 5 se abstiveram, dentre eles Suplicy. Enfim, 'Tancredo Neves: A Travessia' é uma aula acerca da política verde-e-amarela dos anos 60 aos 80. Delicie-se.

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

29 OUT
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Coisas de Cinema

Rodrigo Romero é jornalista desde 2001. Passou por Diário de Jacareí, Diário de Mogi e assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Jacareí. Em 2008 foi para a TV Câmara Jacareí, onde até hoje atua como apresentador e repórter. Escreve há quase dez anos, semanalmente, a coluna 'Coisas de Cinema' no Diário de Jacareí.


E-mail do autor: rodrigoromeropl@ig.com.br
Arquivo
Publicidade
Publicidade
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Logos e Certificações: