Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020 | você está em »principal»Blogs»Coisas de Cinema
Publicado em 06/07/2015 às 10h19
Filme-exemplo


RODRIGO ROMERO

Pol Pot reinou no Camboja de 1963 a 1979. Foi o período mais sangrento do país. Comunista, a nação mergulhou num mar vermelho que parecia não ter fim. 'Os Gritos do Silêncio' (1984) fala da busca do jornalista estadunidense Sydney Schanberg ao amigo Dith Pran, preso num dos campos de concentração e testemunha ocular dos genocídios praticados pelo governo. Trata-se de uma história verídica transportada à telona pelo diretor Roland Joffé com elenco que mesclou atores profissionais com amadores. Na pele de S.Schanberg esteve Sam Waterson. Na de Pran, Haing S. Ngor, cambojano de nascimento, médico refugiado nos EUA (em 1996, aos 56 anos, foi assassinado em sua garagem).

Em 1980, Schanberg -hoje com 81 anos -lançou o livro 'A Morte e a Vida de Dith Pran', onde narra a saga do seu amigo (D.Pran assistia-o durante as reportagens, como tradutor principalmente). Por meio das páginas Joffé confeccionou a trama, que contou no cast com John Malkovich e Craig T. Nelson. Na festa do Oscar de 1985, Ngor ficou com o prêmio de coadjuvante e o filme levou também as estatuetas de fotografia e edição. Concorreu a ator (Waterson), filme, diretor e roteiro adaptado. A fita tem pouco mais de duas horas de duração, mas elas voam. 'Os Gritos do Silêncio' foi o primeiro trabalho de H. S. Ngor no cinema. O ator ainda tem a marca de ser o único asiático a ganhar o troféu.

O final feliz da busca do jornalista pelo auxiliar ao som da música 'Imagine', de John Lennon, retrata todo o amor de ambos, amor de amigo, diga-se, e fraternal ao extremo. Schanberg, ganhador do Prêmio Pulitzer, o mais importante do jornalismo, em 1976, por seus feitos no Camboja, era sim o espelho de seu país naquela época. Os EUA tinham acabado de perder a Guerra do Vietnã e Richard Nixon, presidente que renunciou ao mandato. O país estava machucado e o filme foi rodado durante a estadia de Ronald Regan (1981-89) no governo, um dos mais atravancados da história republicana, e no ano da eleição. Dar o 'tapa de pelica' com 'Os Gritos do Silêncio' não adiantou e veio a reeleição.

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

21 OUT
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Coisas de Cinema

Rodrigo Romero é jornalista desde 2001. Passou por Diário de Jacareí, Diário de Mogi e assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Jacareí. Em 2008 foi para a TV Câmara Jacareí, onde até hoje atua como apresentador e repórter. Escreve há quase dez anos, semanalmente, a coluna 'Coisas de Cinema' no Diário de Jacareí.


E-mail do autor: rodrigoromeropl@ig.com.br
Arquivo
Publicidade
Publicidade
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Logos e Certificações: