Publicidade
Quinta-feira, 13 de Maio de 2021 | você está em »principal»Blogs»O Quinto Poder
Publicado em 11/12/2020 às 15h11
Contaminados no funeral de Maradona


JOSÉ LUIZ BEDNARSKI

Não bastasse a morte recente de Diego Armando Maradona, esta semana o mundo do futebol disse adeus ao craque Paolo Rossi, algoz da Seleção Brasileira na tragédia do Sarriá.

Rossi disputou duas Copas do Mundo (1978 e 1982). Na segunda, foi campeão, artilheiro e melhor jogador do torneio. Aplicou um 'hat trick' no selecionado que encantou o planeta, nos gramados da Espanha.

Assim como Diego Armando, Paolo não faleceu em decorrência do vírus Corona, lembrou nessa toldada ocasião o advogado e filósofo esportivo João Bosco Lencioni.

Para o referido mestre, e muitos com ele concordam, enquanto a vida é um sopro, a magra um dia fatalmente a todos colhe, sejam atletas ou sedentários, em qualquer idade e pelas mais diversas causas.

Como receita perfeita para viver eternamente ou morrer a contento ainda não foi inventada, cabe-nos simplesmente a humilde lição de encarar a existência fugaz com coragem e desfrutá-la da melhor forma possível.

Renunciamos a um ano de nossas vidas, por conta de um risco remoto de morte, enquanto convivemos normalmente com outros mais irresistíveis e frequentes. O homem é o lobo de sua própria liberdade.

Lavar as mãos frequentemente e evitar aglomerações são medidas sanitárias atemporais, que valem para qualquer tempo e sensibilizam pessoas com um mínimo de prudência. 

Já o uso compulsório da focinheira de pano ou papel e a restrição feroz ao ganha-pão dos trabalhadores, sem comprovação científica segura da eficácia, são providências que só cabem no autoritarismo das mentes estreitas.

A Argentina é o país da aglomeração. Um em cada quatro hermanos reside na Grande Buenos Aires. Mais: 80% da população portenha reside em 1% de seu território.

Uma multidão compareceu em avalanche do funeral de Maradona, sem máscara. Os tementes a micróbio afirmaram que dali quinze dias a Covid-19 estouraria no seio daquela Nação.

Uma quinzena se passou, deu tempo de o bichinho incubar e nada disso aconteceu: pelo contrário, a estatística de contaminação caiu pela metade, no país vizinho.

Até dá para entender onde os causadores desse vírus e seus entusiastas querem chegar. Incompreensível é a submissão dos sensatos.

Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

13 MAI
Publicidade
Publicidade
Notícias
facebook
Artigos
Perfil do Blog
O Quinto Poder

Coluna assinada pelo Promotor de Justiça da Cidadania, José Luiz Bednarski. Uma abordagem apartidária, com discussão aberta dos assuntos de interesse geral; o amadurecimento paulatino da cidadania, a força da população em diálogo com órgãos independentes representativos, como MP, Defensoria Pública e outras instituições criadas ou fortalecidas a partir daConstituição de 1988.


E-mail do autor: joseluizbednarski@gmail.com
Arquivo
Publicidade
Publicidade
14/01/2021
Santos e Palmeiras disputam a final da Taça Libertadores no dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã. Na sua opinião, qual dos dois será o campeão?

Nenhuma enquete encontrada!

Logos e Certificações: