Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020 | você está em »principal»Blogs»Coisas de Cinema
Publicado em 25/01/2019 às 14h48
A construção dos reis


RODRIGO ROMERO

O pilar de 'A Esposa', que estreou nesta semana com Glenn Close no papel-título, está na resposta que a sua personagem dá ao rei da Suécia durante o jantar que homenageia o marido, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura. A majestade pergunta a ela: 'A senhora tem ocupação?'. 'Sim, eu construo os reis'.

A chave-mestra do enredo é desvendada aí, porém antes a sensação de impotência e singularidade já é aspirado. Close, indicada merecidamente ao Oscar (tem outras 6 no currículo, sem vitórias), dá vida a Joan, ex-aluna de Joe (Jonathan Pryce na fase adulta - seu trabalho é fabuloso também) num curso de literatura.

Logo sabemos que ela tem todo o talento, ele possui boas ideias, mas falta-lhe a vocação. Ao longo do tempo, Joan se anula em benefício do marido - passa a vida trancada no escritório enquanto Joe se relaciona com babás dos filhos e cozinha.

Os mais de 30 anos juntos começam a mudar quando ele é avisado que receberá o Nobel de Literatura. O embuste é incessante. Close está perfeita em cena. O roteiro baseia-se no livro de Meg Wolitzer, lançado em 2007.

A atriz de 'Atração Fatal' (1987) gostou da trama e se organizou. Ajudou a produzir o longa para ela própria ser a estrela. Com Pryce como seu par, a fita tinha tudo para dar certo. E deu. A direção foi entregue a Bjorn Runge, que não compromete o trabalho.

O jornalista Nathaniel (Christian Slater, da série Mr. Robot) dá o empurrão final - fazer a biografia do autor. Como todo bom periodista, Nathaniel fuça e descobre a verdade. O clã Castleman - o sobrenome do casal - tem ainda David (Max Irons), o filho que deseja ser escritor e se apoia no pai, o grande ídolo de toda a vida.

Laços desfeitos ou nós mais atados? Eis o testemunho da benemerência tardia. Glenn Close deixa Lady Gaga no chinelo. É imperdível. Duração: 100 minutos. Cotação: ótimo.

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

26 FEV
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Coisas de Cinema

Rodrigo Romero é jornalista desde 2001. Passou por Diário de Jacareí, Diário de Mogi e assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Jacareí. Em 2008 foi para a TV Câmara Jacareí, onde até hoje atua como apresentador e repórter. Escreve há quase dez anos, semanalmente, a coluna 'Coisas de Cinema' no Diário de Jacareí.


E-mail do autor: rodrigoromeropl@ig.com.br
Arquivo
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: