Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017 | você está em »principal»Blogs»O Quinto Poder
Publicado em 22/07/2017 às 11h15
No jardim da lei


JOSÉ LUIZ BEDNARSKI

É inverno, florescem os ipês-rosas. O da Câmara Municipal um pouco menos, em protesto à sanha de nossas antigas autoridades em reduzir a linda área verde da Praça dos Três Poderes.

Já os três ipês juntinhos do Fórum desconhecem a serra elétrica que um dia também lhes espera e continuam a oferecer alegres seus abundantes buquês que inspiram os poemas de Salette Granato.

Pena que acabaram com metade do jardim do Fórum. Árvores centenárias foram ceifadas à toa, dentre elas um insubstituível flamboyant. As ruínas da ampliação são um vergonhoso monumento à forma como o dinheiro público é maltratado.
 Ainda que se tente ignorar a obra inacabada, o Fórum em si é a maior tristeza arquitetônica de Jacareí. Insistentemente idealista e otimista, suponho que o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo deva lamentar tamanha falta de manutenção.

Enquanto os homens cometem tolices injustificáveis, a Natureza estoicamente nos proporciona um espetáculo de rara beleza no jardim da lei, que seduz o olhar sensível dos fotógrafos de casamento e entusiasma as brincadeiras infantis.
Alguém improvisou caprichosamente um galão como reservatório a rorejar gotículas no pé da jovem jabuticabeira (sim, ainda temos heróis anônimos). A coroa em volta do pau-brasil do Lions voltou a ganhar manutenção e a muda, outrora moribunda, voltou a brotar.

Os chafarizes também voltaram a funcionar com capacidade máxima. Sou jacareiense há dezessete anos e nunca havia testemunhado os nove bicos em simultâneo funcionamento. Os respingos generosos da fonte luminosa carreados pela brisa deram ensejo a olhos marejados pela emoção.

O arvoredo do Fórum abriga ternamente muitas histórias de vida. Uma mãe aflita que espera resgatar de relance o filho desencaminhado no crime, um escrevente que alivia o estresse saindo um minutinho para fumar. Há até quem prometa não morrer antes de esticar toalha quadriculada e fazer um piquenique.

A atual gestão municipal merece ovação. Além dos incansáveis esforços encetados para retomar da marginalidade o Largo do Riachuelo, nota-se que o jardim do Fórum nunca dantes recebera cuidados como os de agora. O mistério é descobrir quem seja o laborioso novo Seu Moura.

Publicidade
Compartilhe

Comentários (1)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

Daniel Rosa   3 mêses atrás
Seu Mora,é em homenagem a ele,que a Etec de Jacareí deu nome no jardim central da instituição,merecidamente.
20 OUT
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
O Quinto Poder

Coluna assinada pelo Promotor de Justiça da Cidadania, José Luiz Bednarski. Uma abordagem apartidária, com discussão aberta dos assuntos de interesse geral; o amadurecimento paulatino da cidadania, a força da população em diálogo com órgãos independentes representativos, como MP, Defensoria Pública e outras instituições criadas ou fortalecidas a partir daConstituição de 1988.


E-mail do autor: joseluizbednarski@gmail.com
Arquivo
08/04/2017
A Prefeitura voltou a permitir o estacionamento rotativo pago, das 9h às 16h, na rua Barão de Jacareí. Vc concorda com a medida?
  • 46.1%
  • 40.7%
  • 7%
  • 6.2%
06/02/2017
Qual a sua opinião sobre a qualidade do serviços prestados pelo SAAE em Jacareí?
  • 34.1%
  • 31.9%
  • 24.1%
  • 9.9%
Logos e Certificações: