Domingo, 10 de Dezembro de 2017 | você está em »principal»Blogs»Filhos Brilhantes
Publicado em 09/06/2017 às 15h34
Haja sapiência!


BENEDITO VELOSO

Você sapia? Segundo fósseis encontrados recentemente, há 300 mil anos, e não há 200 mil como se pensava, o primata bípede, conhecido como Homo sapiens já habitava toda a África, conforme cientistas divulgaram na quarta-feira (8). Se você não acredita, fale com a arqueóloga Cláudia Queiroz, que talvez possa explicar o fato com a maior boa vontade, embora não seja sua obrigação fazê-lo.

Cláudia Moreira Queiroz é arqueóloga. Uma dessas pessoas abnegadas que para estudar o passado passam anos escavando o chão à procura de ossos, cacos de cerâmica e todo objeto capaz de resistir ao tempo sem desaparecer por completo Disso, ela extrai informações que remetem ao passado distante. Assim, é possível determinar a idade de achados e, por intermédio de estudos, concluir idade, formas, hábitos e costumes de um objeto ou povo.

Há cerca de 20 anos, Cláudia dedica-se à arqueologia. Ela já pesquisou o subsolo de Jacareí para diversos fins (estudo de impacto ambiental, liberação de áreas para construção) e comenta que existem no município vários sítios arqueológicos já explorados. Os mais conhecidos são o Santa Marina, Pedregulho, Rio Comprido, Chácara Xavier e um terreno próximo à represa da Light, limite de Santa Branca. O largo da Matriz e o Campo Grande, por exemplo, também são áreas de estudo. Há vestígios de habitantes do solo jacareiense de cerca de mil anos.

Segundo a pesquisadora, a profissão tem o lado compensador das descobertas. O difícil é a falta de profissionais da área, a não existência de uma legislação protetora que permita a preservação ambiental com maior segurança e mais liberdade para um trabalho continuado.

Um sítio arqueológico na divisa de Mato Grosso com a Bolívia, onde foi descoberto um “enterramento” (sepultamento) de índios foi uma das maiores descobertas de que ela participou. Outro, foi o achado de pinturas rupestres (de cavernas) no Tocantins.

Cláudia é arqueóloga concursada da prefeitura de Jacareí. Seu departamento é aberto à visitação de escolares. Ela acha que deveria haver incentivos que aguçassem a curiosidade das crianças para a arqueologia. “Há muita história sob nossos pés que precisa ser revelada com sapiência”, diz. E haja sapiência.

Publicidade
Compartilhe

Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

10 DEZ
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Filhos Brilhantes

Assuntos como cerimonial, teatro, literatura, música, pintura terão sempre pessoas da terra como protagonistas, a grande maioria de Jacareí

 


E-mail do autor: bvelosomc@gmail.com
Arquivo
08/04/2017
A Prefeitura voltou a permitir o estacionamento rotativo pago, das 9h às 16h, na rua Barão de Jacareí. Vc concorda com a medida?
  • 46.1%
  • 40.7%
  • 7%
  • 6.2%
06/02/2017
Qual a sua opinião sobre a qualidade do serviços prestados pelo SAAE em Jacareí?
  • 34.1%
  • 31.9%
  • 24.1%
  • 9.9%
Logos e Certificações: