Publicidade
Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017 | você está em »principal»Blogs»O Quinto Poder
Publicado em 13/04/2017 às 15h37
Era uma vez três amigos


JOSÉ LUIZ BEDNARSKI

Cansados dos turnos fabris, eles decidiram abrir um mercadinho em sociedade. O local escolhido para abrigar o ponto comercial foi um imóvel bem na metade da Avenida Pensilvânia, simpático logradouro do Jardim Flórida.

Praticamente ao lado da casa do Doutor Nelson, portanto naturalmente favorecido pelos eflúvios positivos dali emanados, o mercadinho dos três amigos logo se transformou em importante ponto de abastecimento dos lares afonsinos.

Embaixo do toldo acrílico azul, o consumidor local encontra absoluto conforto para as compras de casa. Com somente dez passos no corredor esquerdo, adquirem-se todos os itens de limpeza. O estacionamento também merece rasgados elogios, pois proporciona fácil circulação dos veículos e cinco vagas espaçosas.

Quem porventura tiver receio de encarar a variedade de itens alimentícios calóricos de supermercados como sabotadora de dieta pode ir confiante ao estabelecimento do trio, pois as frutas e verduras estão logo na entrada, nem precisa entrar e sofrer a tentação do resto.

Chinelos coloridos e brinquedos infantis em extinção podem ser encontrados debaixo dos rodos e vassouras. Tem atum enlatado com salada (o suprassumo da praticidade), a carta de cervejas é ubertosa e a loira, oferecida gelada. Para quem exagerar na dose, a localização é irrepreensível, bem defronte da Cruz Vermelha e sua generosa farmácia.

A concorrência tentou criar uma opção extra na mesma avenida, não deu certo. Aliás, que sirva de lição ao senhor Abílio. Depois foi anunciada uma nova era por ali, que também não foi capaz de debelar a clientela fiel dos trio fraterno. O mercadinho é a cara da cidade, farol do progresso, inestimável patrimônio humano e a adaptação perfeita da loja de conveniência às peculiaridades de Jacareí.

Os gigantes do ramo deveriam aprender com os três companheiros. O caixa nunca tem fila. Quando aglomera, um deles aparece do nada e duplica o atendimento. E sabe aquele interrogatório que sempre redunda em não? Cliente fidelidade, ausência d’algo, crédito de celular, pontos no programa, cartão da loja, nota fiscal paulista, doação para crianças com câncer, revista da loja e promoções imperdíveis afins... Nem pensar! É pagar, colocar na sacola e partir.

Publicidade
Compartilhe

Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

21 SET
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
O Quinto Poder

Coluna assinada pelo Promotor de Justiça da Cidadania, José Luiz Bednarski. Uma abordagem apartidária, com discussão aberta dos assuntos de interesse geral; o amadurecimento paulatino da cidadania, a força da população em diálogo com órgãos independentes representativos, como MP, Defensoria Pública e outras instituições criadas ou fortalecidas a partir daConstituição de 1988.


E-mail do autor: joseluizbednarski@gmail.com
Arquivo
08/04/2017
A Prefeitura voltou a permitir o estacionamento rotativo pago, das 9h às 16h, na rua Barão de Jacareí. Vc concorda com a medida?
  • 46.1%
  • 40.7%
  • 7%
  • 6.2%
06/02/2017
Qual a sua opinião sobre a qualidade do serviços prestados pelo SAAE em Jacareí?
  • 34.1%
  • 31.9%
  • 24.1%
  • 9.9%
Logos e Certificações: