Publicidade
Sexta-feira, 26 de Maio de 2017 | você está em »principal»Blogs»Filhos Brilhantes
Publicado em 27/08/2016 às 00h23
A história da cidade a partir do cidadão


BENEDITO VELOSO

Em 1815, logo depois da batalha de Waterloo, na Bélgica, em que o Duque de Wellington derrotou Napoleão Bonaparte e decidiu o destino da Europa, um soldado de nome William Weeler escreveu várias cartas à mulher relatando detalhes de como foram aqueles dias sangrentos. Contou como o vício de fumar certa vez lhe salvara a vida, do horror do espetáculo de montes de corpos de seus companheiros sendo queimados pelos franceses, do cadáver de um oficial inimigo sendo saqueado por colegas, enfim, enquanto o noticiário oficial contava os feitos ingleses vistos “de cima”, a mulher do soldado obtinha detalhes inéditos sobre o dia-a-dia da guerra.

Mais tarde, essas cartas foram transformadas em livro com sucesso. Estava lançada a nova forma de escrever histórias de guerra: a partir do ponto de vista do soldado.

De lá para cá o estilo pegou e tornou comuns escritos de fatos históricos a partir de alguém do povo que o protagoniza. É a história da cidade a partir do cidadão.

José Pereira de Andrade, o Jucão, foi um desses personagens que anonimamente traçaram uma parte dos destinos de uma cidade pelo trabalho cotidiano. Terminou seus dias, em dezembro de 1984, à frente do Cartório de Registro de Imóveis de Jacareí depois de 60 anos de vida cartorária. A carreira, ele começou em Botucatu, em 1926, como contínuo no cartório de lá. Galgou toda escala profissional e mudou-se para Jacareí em 1958 nomeado oficial maior do único cartório local.

Diz-se que é fácil conhecer o pai pela maneira com que os filhos lembram-se dele. Não faltou emoção em Edson Andrade, um dos dez filhos de Jucão, quando me passou alguns dados sobre o pai. Por natureza benemérito e de profunda religiosidade, Jucão pertenceu ao Rotary Clube Centro e ajudou a construir a igreja presbiteriana de Jacareí com doações financeiras e pegando no pesado nas horas que podia. A Câmara de vereadores concedeu-lhe o título de Cidadão Jacareiense em 1983. Merecido. Por tudo o que ele fez e pela satisfação de engrossar com sua dedicação, trabalho e amor a Jacareí a galeria de seus filhos brilhantes.

Publicidade
Compartilhe

Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

26 MAI
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Filhos Brilhantes

Assuntos como cerimonial, teatro, literatura, música, pintura terão sempre pessoas da terra como protagonistas, a grande maioria de Jacareí

 


E-mail do autor: bvelosomc@gmail.com
Arquivo
08/04/2017
A Prefeitura voltou a permitir o estacionamento rotativo pago, das 9h às 16h, na rua Barão de Jacareí. Vc concorda com a medida?
06/02/2017
Qual a sua opinião sobre a qualidade do serviços prestados pelo SAAE em Jacareí?
  • 34.1%
  • 31.9%
  • 24.1%
  • 9.9%
Logos e Certificações: